BLOG

Furgão Ibiporã
Fique por dentro das novidades!

Publicado em 12/02/2021

Reajuste de preço do aço compromete a indústria de implementos


Desde o ano passado o preço do aço vem aumentando consideravelmente. Esse aumento prejudica diretamente os fabricantes de implementos rodoviários que o utilizam como matéria-prima.


 


“O aço teve aumento superior a 86% em 2020 e a maior parte desse custo não foi repassado ao cliente final”, diz Norberto Fabris, presidente da ANFIR-Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários e completa: “O País está saindo do quarto ano de crise e não tem cabimento aumentar preço de matéria prima. Isso vai quebrar o ritmo de recuperação e vamos retroceder”.


 


“O aço tem uma participação na produção de nossos produtos de até 70%. Não temos condições de absorver esse custo e seremos diretamente prejudicados” diz Fabris.


 


"A indústria de implementos rodoviários opera com carteira de cobrança não indexada, ou seja, os valores são fixos. Indexar a carteira é uma prática onde quem vende protege seus ganhos contra eventuais flutuações de mercado, como reajustes de matérias-primas, repassando ao cliente esse custo. “Como não dá para repassar aos clientes, os aumentos serão absorvidos pelos fabricantes o que em termos práticos quer dizer que o reajuste vai prejudicar à saúde financeira das empresas”, explica.


 


O presidente da Anfir finaliza lembrando que durante os quatro anos de crise a indústria precisou fazer vários sacrifícios para se manter competitiva e atuante e que sua preocupação é o preço final do produto uma vez que poderá acarretar em um aumento significativo.


 


Fonte: ANFIR - Aumento do preço do aço vai comprometer a indústria



BLOG

Fique por dentro das novidades e saiba tudo que acontece na Ibiporã

QUALIDADE

Usados

Certificada pelas normas da ANFIR

EXPERIÊNCIA

A Ibiporã tem 28 anos de mercado, certificação da ANFIR e profissionais com vasta experiência no segmento.

Os produtos Ibiporã são homologados nas seguintes marcas